Fonte: Convergência Digital

Confira a matéria completa diretamente da fonte

A computação em nuvem está mudando a gestão pública no Brasil. A nota do município catarinense de Biguaçu, na Grande Florianópolis, cresceu cerca de 40% na última edição do Ranking Nacional de Transparência. Dados da Câmara de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal mostram que houve avanço da qualidade e disponibilidade das informações sobre a gestão pública municipal. Em 2015, os avaliadores fizeram a mesma análise e atribuíram nota 6,6 à cidade  — em uma escala de zero a dez.  Na última análise, foi alcançado o índice de 9,1.


Poucos meses antes da segunda avaliação, a cidade de cerca de 63 mil habitantes adotou o Portal da Transparência. A plataforma, desenvolvida por empresa especialista em soluções para a gestão pública municipal, atende aos principais critérios observados em todos os municípios brasileiros para a composição do ranking. Ela facilita a disponibilização de forma integral e permanente das informações administrativas da cidade, para que o cidadão possa acessar os dados a qualquer momento e fiscalizar a aplicação dos recursos pagos por ele por meio dos tributos.

Como a atualização do portal é feita de forma automática, não há o risco de os dados serem inseridos de forma equivocada, nem de ocorrer qualquer tipo de adulteração. Totalmente baseado na cloud computing, as informações circulam entre todos os sistemas desenvolvidos pela empresa e utilizados pela cidade. 


Avanço semelhante aconteceu em Palhoça, distante cerca de 30 quilômetros de Biguaçu e também pertencente à região da Grande Florianópolis. A cidade tem quase 155 mil habitantes.

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Rede MuniCiencia.

Join Rede MuniCiencia